terça-feira, 25 de março de 2014

Geralf e Gisa


Geralf e Gisa são dois necromantes rivais (irmão e irmã, curiosamente) de Innistrad, bastante insanos. Geralf utiliza o mana Azul para costurar novos modelos de zumbis com várias partes de diferentes cadáveres, enquanto Gisa prefere usar o mana Preto para ressuscitar os mortos diretamente de seus túmulos.

Gisa é uma feiticeira objetiva e de temperamento forte, capaz apenas de assoviar para que os zumbis saiam dos túmulos. Geralf monta e sutura sua criações de acordo com as características que deseja ressaltar para depois reanimá-los, sendo capaz de combinar diversos corpos falecidos em um novos espécies mais fortes e muito mais assustadores (chamados de skaab). Ambos necromantes sempre discutem sobre o melhor tipo de morto-vivo para utilizar como exército. Geralf defende a confecção de corpos agrupados entre si para garantir maior força ou destreza, enquanto Gisa acha que eles devem ser numerosos e resistentes.
 
Costumava haver mais vilarejos em Moorland do que há agora. Moorland fica na área ao sul de cidadela de Thraben, capital da província de Gavony, em Innistrad. Dois rivais necromantes, curiosamente irmão e irmã, adotaram a área como seus refúgios e campo de batalha nos últimos anos. Os irmãos eram filhos de uma família nobre e parentes distantes da atual Lunarca. Eles foram banidos de Thraben em um escândalo silencioso que, segundo os rumores, refere-se ao parentesco nobre que eles supostamente possuiriam e que estaria ligado ao próprio Lunarca. Desde então, mudaram-se para o brejo, onde guerreiam um contra o outro através de batalhas entre seus exércitos de mortos-vivos. Tais confrontos levaram muitos dos habitantes de Moorland a se mudarem para Nearheath, deixando aquela área ainda mais desolada do que antes. Agora, saqueadores ghouls vagam livremente através dos pântanos, tais quais brinquedos perdidos na insana disputa entre Gisa e Geralf.
 
Cansado de jogos políticos a respeito de quem é o dono de qual território, Geralf decide tomar Thraben e dividí-la com Gisa para que ambos controlem uma esplendorosa cidade de mortos-vivos. No entanto, a verdadeira intenção do necromante é se apoderar da Catedral e do lunarca Mikaeus. Em uma tentativa de se aprimorar, Geralf pesquisou a natureza do Sono Sagrado e também criou o zumbi Grimgrin, batizado de "cadaveroso"como uma forma de zombaria a sua irmã. Geralf postulou que o estado da mente de um skaab é equivalente ao de uma pessoa que adquiriu esse estado sagrado. Então, na verdade, ele estaria  dando as pobres pessoas aquilo que elas mais desejam, no final das contas. Para Gisa, isso tudo era apenas divagação, mas ela concordou em somar suas forças com o irmão para investirem contra a cidade. Ambos sabiam que sozinhos nem mesmo todas suas falanges de mortos-vivos seriam capazes de sobrepujar as muralhas da cidadela. No entanto, unindo suas forças havia chance muito mais palpável.

Assim, ambos marcharam juntos e seus exércitos obtiveram êxito em derrubar a parede externa de Thraben e espalharem o terror na cidade. Geralf matou Mikeaus e mais tarde encontrou-se com Liliana. Pouco tempo depois, Mikeaus foi trazido de volta à vida pela planinauta, como um zumbi, para que lhe revelasse o segredo do paradeiro de Griselbrand. Porém, quando Avacyn foi libertada, a invasão dos zumbis foi repelida temporáriamente e população respirou aliviada depois de um longo período de desespero.

 

2 comentários: